sábado, 16 de agosto de 2008

a fotografia por sr. geoff dyer




















Acaba de sair do forno o livro "O Instante Contínuo: uma história particular da fotografia" do Geoff Dyer, famoso por seus livros excelentes sobre yoga, jazz, viagens... Esta semana foi publicado um artigo na revista Carta Capital muito bem escrito pela repórter Rosane Pavam, contando sobre o estilo romancista do ensaista neste livro que relata várias curiosidades sobre fotógrafos importantes da história e situações que afirmaram suas escolhas de estilo.
Henri Cartier-Bresson, Alfred Stieglitz, Walker Evans, André Kertész, Diane Arbus, Nan Goldin são alguns dos fotógrafos abordados na obra. Procurei saber como seria exatamente o teor do livro e descobri que o leitor terá um prazer imenso em lê-lo porque é descompromissado, mas muito inteligente com inserções saborosas sobre relações e quase que "fofocas" dos "bastidores" da vida dos fotógrafos que adentram pela história da fotografia dando interessantes explicações teóricas despretenciosas sobre o assunto. Quero lê-lo!!

3 comentários:

Anônimo disse...

Tenho acompanhado teu blog e este post, mesmo pequenino, mostrou que além de uma excelente fotógrafa, mora aí dentro também uma pessoa que escreve muito bem. Meus sinceros parabéns!

Seve

val ayres disse...

só pelo seu texto, fiquei morrendo de vontade de ler.

val ayres

Rafael Andrade disse...

estou lendo e é bem bacana. Uma das coisas mais legais é saber que muitos dos trabalhos documentais famosos - como as fotos pós 29 da crise americana - eram exaustivamente pautadas e pensadas pela NFSA. Vale muito a pena.