domingo, 25 de novembro de 2007

deus e o diabo, seu fotógrafo e a xilogravura




















Hoje vendo o Programa Entrelinhas na TV Cultura, que comemorou o centésimo programa, me inspirei a procurar fotografia no sertão nordestino depois que mostraram numa feira de livros o que tem acontecido em Mossoró, cidade do interior do Rio Grande do Norte. Antônio Francisco declama lindamente e com propriedade seus versos de cordelista.

E aí em por falar em literatura de cordel, buscando na internet descobri no site da Associação Brasileira de Cinematografia que o sergipano Waldemar Lima - diretor de fotografia do filme Deus e o Diabo na Terra do Sol, com direção de Glauber Rocha - se inspirou na estética da textura da xilogravura dos cordéis para lançar a fotografia do filme tão polêmico e aclamado pela crítica e público. Ele que participou ativamente do ciclo bahiano do Cinema Novo, movimento formado por Walter da Silveira, Roberto Pires, Glauber Rocha, Luís Paulino dos Santos, Paulo Gil Soares, Olney São Paulo, Geraldo Sarno e Orlando Senna entre outros fala da sua experiência com a fotografia.


















"É, nessa época era muito comum o foto-clube... Eu aprendi a fotografar com a Sociedade Sergipana de Fotografia. Nós tínhamos um intercâmbio muito grande com o Foto-Cine Clube Bandeirantes em São Paulo e com a Sociedade Fluminense de Fotografia, que introduziram a gente nos clubes do exterior. Nos momentos que eles estavam procurando tema para fotografar eu dizia: "Me empresta aqui a Rolleiflex que eu vi um negócio bonitinho ali" e o Dr. Fernando me emprestava a câmera. A Rolleiflex era a câmera da época. Depois revelávamos o filme, ele cedia o papel 30x40cm, e juntos ampliávamos", conta.
Eu, pelo menos, não imaginava esta relação do filme com a xilogravura... Muito bom o conceito de que luzes estouradas, sem rebatimento pudessem vir de uma fotografia buscando a estética da xilo...
















Um comentário:

Carol disse...

O blog tem isso de bom, é um forma de encontro, de comunicação entre pessoas que tem interesses em comuns e também distintos. Foi assim que conheci o seu. O meu blog ainda é embrionário, mas pode ser visitado: www.querosertinamodotti.blogspot.com. Se puder vá lá.